O governador João Azevêdo falou, nesta quarta-feira (5), sobre a possibilidade de uma parceira administrativa entre o Estado e a Prefeitura de João Pessoa. Tese foi levantada após o imbróglio envolvendo a obra do Parque Sanhauá, embargada pelo governo e liberada posteriormente após recomendação de João.

“Eu sou governador da Paraíba, dos 223 municípios. A população de João Pessoa, além de merecer, me deu uma vitória extremamente significativa, então eu tenho respeito. Não tenho problema de ter relação com qualquer que seja o prefeito. O fato de receber, sentar e conversar não significa acordo político”, afirmou.

Fonte83